10 de fev de 2010

O que sinto...

Não posso dizer que te amo!

Dizer simplesmente que "TE AMO" é muito clichê e não explica esta mistura excẽntrica de euforia, desejo, vontade de fazer tudo ao mesmo tempo, vontade de ficar perto e de sorrir incontrolavelmente sem um motivo visível.
Dizer simplesmente que "TE AMO" é muito superficial e já está em desuso devido à frenética repetição desses termos entre versos, frases de amor, músicas de apaixonados e estampas de publicidade.
Dizer simplesmente que "TE AMO" é muito incompleto, já que uma conjugação simples desse verbo tão complexo não consegue conter todo esse emaranhado de sensações e conexões desconhecidas de neurônios na mente desse garoto apaixonado que não pensa em outra coisa além de ter você o dia inteiro aqui ao lado.

Prefiro dizer que "NÃO CONSIGO VIVER SEM VOCÊ", pois acho que isto expressa a ligação que tem entre a gente... Não consigo pensar nem por um momento na idéia de ver você partir e me deixar sem tua presença, sem tua companhia, sem tua imagem, sem teu carinho, sem teu cheiro, sem teu olhar, sem teu beijo de manhã, sem teu beijo de boa-noite, sem teu abraço de 'te adoro', sem teu jeito de ser, sem o toque da tua pele, sem o infinito que completaria esta lista singela de motivos muito reais que explicam por quê de eu não dizer que simplesmente te amo...

17 de dez de 2009

Adoro...

Adoro te despir com meus olhos e te vestir com meus beijos...
Adoro te aquecer com minha pele e te incendiar com meus lábios...
Adoro te abraçar como moleca e te amar como mulher...

Adoro teus beijos sabor de mel.
Adoro teu olhar de menina.
Adoro teu sorriso radiante.

Matematicamente, f(adoro_em_você)=tudo,
meus_dias - você = nada,
meu_mundo + você = perfeição!

Quimicamente, meu_amor + teu_beijo => explosão,
meu_calor+teu_corpo => combustão...
Enfim... Eu - você não existe.

25 de nov de 2009

O tempo II

Fitei teus olhos por um momento,
E de repente senti que eu flutuava...
Voando além das nuvens, pensando no tempo.
Contanto as horas, os minutos, os segundos...
Enfim, os momentos que vivo ao teu lado!

A cada dia penso mais em nós.
A cada novo amanhecer alimento mais o vício por teu corpo.
Em cada beijo alimento mais meu amor com teu mel...
Não restam dúvidas... é paixão. E das boas!

Encata-me saber que, por momentos, você possa sentir o mesmo.
E instiga minha mente desvendar teus mistérios.
Será que um dia entenderei todos?
Será que um dia você conseguirá o mesmo com os meus?
Por ora, deixemos alguns intocados...
Pois é o prazer da descoberta que mais e mais me liga a você!

Às vezes penso sobre o que o mundo acha disso tudo,
Mas logo desvio minha mente. Afinal, a eles nada interessa!
Só interessa nós dois, nosso pequeno mundinho de paz e amor.
Os outros? Que se danem! Eles não merecem saber muito.
Só o suficiente pra invejar um mundinho como o nosso.

Acho que te amo, não com aqueles amores imensuráveis,
Mas com um daqueles singelos, que se firmam nos pequenos detalhes
E aumenta a cada dia que passa.
Aqueles que aos poucos se tornam gigantes, e que quase nada atinge.

19 de nov de 2009

Eu suponho que haja algo de errado,
Um tipo de culpa que muda como você vê...
Eu ganhei de alguma forma por ter vontade de ficar?
Não há nada que eu possa dizer pra você não me deixar?

Seria fácil aprender a dizer que você está errada
Para alguém pior, pra mostrar o que você fez?
Ao meu coração, o que eu fiz, pra merecer uma amiga como você?
Agora eu sei que no sol de junho você vai embora...

: Razão não é uma amiga minha
: Não como um sentimento, que me deixaria falar com você
: Um outro dia fará você ficar pra trás...
: pra mim.

Não há uma ou duas coisa que eu deva dizer
Antes de você encaixotar meu coração e embarcar no avião
Você vai chorar uma lágrima por mim?
Você vai chorar tanto quanto eu?
Você já parou pra pensar como poderia ter sido?

: Razão não é uma amiga minha
: Não como um sentimento, que me deixaria falar com você
: Um outro dia fará você ficar pra trás...
: pra mim.

Eu gostaria de tomar esse momento pra dizer a você
Não pra fazer você ficar, mas pra dizer que te amo,
E então aprender a se afastar.
A vida continua em meu coração...
E eu sou o melhor de mim para ninguem mais...

(minha tradução de By June, video aqui. )

17 de nov de 2009

O tempo...

Acordei-me de um sonho. E senti teu suave aroma de pele, que se enfurna em minhas narinas e toma forma em minha mente. Fitei teu rosto aos poucos enquanto lentamente abria os olhos, e percebi que acordara. O sonho, repentinamente me fugiu à memória, deixando poucos rastros de imagens de outrora. Senti-me feliz e radiante, por mais uma vez ter você ao meu lado. Carinhosamente afago tua pele macia, e sinto um desejo de congelar o tempo nesse instante para sempre. Naquele momento percebo que também acordavas... Teus olhos buscam um lugar para fixarem-se, e subitamente encontram os meus.
Minha mão aos poucos se afasta de tua face e toca teu abdômen, e meus lábios instintivamente aproximam-se dos teus. Então, meu desejo se realiza!
Naquele momento só percebo nós dois ali, unidos em um só corpo. Meus olhos lentamente se fecham e teu beijo traz de volta o que sumira de meu sonho poucos instantes atrás. A cada toque de tua língua uma parte da realidade se afasta mais e mais, e o tempo começa se afastar de nós.
Abraçar-te e sentir teu corpo me faz esquecer o mundo lá fora, e tudo parece tão calmo e pacífico.
No sonho, eu vi cada momento que passamos juntos até agora. Os risos, abraços, carícias, mordidas, beijos, toques, olhares, sensações, desejos, prazeres...
De repente acordo! Uma sutil euforia misturada à desilusão tomam conta de mim, ao passo que percebo que tudo não era real, que também era sonho. Nesse instante, rapidamente abro os olhos e procuro-te ao meu lado. Um medo repentino de não sentir-te toma conta de mim.
Mais alguns segundos e o medo desaparece, porque você está ali, adormecida. O movimento de teus olhos denuncia: você está sonhando. E então me pergunto o que você está vendo, se é comigo que você sonha... Meu desejo é que isto seja verdade, que você pense realmente em mim, que também sinta-se segura comigo. Meus lábios inferiores se dobram e alinham-se em diagonal, abaixo de meus dentes... Tenho vontade de sentir-te em minha boca, mas evito acordar-te. Reservo-me e fico ali, contemplando tua face. Sinto-me seguro e a certeza de que te amo me acalma. E assim, o tempo lá fora passa, sem que eu perceba. Acho que não importa se é real ou não o que meus sentidos detectam. De qualquer forma, o tempo desaparece quando estou contigo...
Resta somente algumas perguntas em meu pensar: até quando isso vai durar? Será que meu amor por ti é correspondido? Conseguirá um jovem bobo e romântico como eu curar as feridas em que teu coração desesperadamente agoniza?
Ao que tudo parece, meu amor é forte e vencerá. Ironicamente, só uma coisa irá sanar estas dúvidas: O TEMPO!

19 de fev de 2009

Eu busco teu olhar
no horizonte desse mar,
e na imensidão do nada
eu faço minha estrada.

Nas pedras eu caminho
Me sentindo tão sozinho...
Já não dá mais pra aguentar,
Eu preciso te encontrar!

Aonde está você agora
além de aqui dentro de mim?
Eu te que quero nessa hora!
Por que é tão difícil assim?

Só você é minha vida.
Teu amor é minha cura.
Só você é a saída
e minha estrada mais segura.

Entao vem, amor!
Acaba com esse sofrimento...
Eu daria minha vida
Pra te ter por um momento!

8 de out de 2008

Delírio

Acordei-me sozinho
Procurando-te em meu leito
Com tua mão em meu peito
E teu calor, em abraço,
Preenchendo o espaço
Vazio dentro de mim
Ó, deusa, por que
Me perturbas tanto assim?
Será tua felicidade
Ver chegar o meu fim?
"Engano teu!" - direis -
"Pois muito bem sabeis
Que se em te envolvo em véu escuro
É porque, no fundo, procuro
Ganhar teu carinho".
Ora, eu bem sei
Que de toda forma tentei
Evitar essa emoção,
Controlar meu coração.
Mas em engano caí,
Pois nunca antes senti
Tal desejo por alguém
De tal forma, que viver sem
Seria quase impossível.
Mas teu amor é inatingível
Por ser outro teu dono.
É isso que me tira o sono
E me faz delirar,
Por acordado, sonhar,
Com um dia ganhar-te.
E se vivo agoniado
É porque, enfim, procuro
Teu amor mais puro
E saciar essa vontade
De ter tal felicidade
De viver ao teu lado.

20 de set de 2008

Cadê você?

Teu sorriso ilumina meu dia
Só você é a luz da minha vida
Brilhante como uma preciosa
Pedra de diamante polida

Teus lábios têm sabor de mel
Teu rosto tem cor de luar
Teu encanto me traz alegria
E só com você eu vivo a sonhar

Você é toda minha inspiração
Com tudo aquilo que você faz
A força para guiar minha mão
A luz que me traz toda paz

Tua pele é suave como uma brisa
Tua voz é como uma sinfonia
Ficar contigo enternamente
É tudo que, na vida, eu queria

Não percebes que te amei
Desde o momento em que te vi?
Quando te olhei fixamente
Foi só paixão que eu senti

Como pode ser possível
Amar sem ser amado?
Duas almas que se encontram
E não andam lado a lado?

20 de jul de 2008

Preciso de você

Só você que tem a cola
Pro meu coração quebrado
Não há ninguém em seu lugar
E ainda estou apaixonado

To tentando te esquecer
Mas só fico a chorar calado
É muito difícil aceitar
Que tudo deu errado

Ja tentei me afastar
Mas sempre acabo frustrado
Não há como pensar em viver
Se não estiver ao teu lado

Minhas lágrimas não caem mais
Elas devem ter acabado
Qualquer um choraria também
Se enxergasse meu passado

Porque então você evita
De ficar pra sempre ao meu lado?
É difícil perceber
Que o mundo de mim foi tirado?

Não há nada que preencha
Esse vazio sem fim
Eu faria qualquer coisa
Pra ter você só pra mim

Chega de esconder
De dizer que não te amo
Se toda vez que penso em alguém
É teu nome que eu chamo.

Volta logo, e me abraça
Me dá um pouquinho tua mão
Eu preciso do teu beijo
Estou morrendo de paixão

Me diz que ainda tem jeito
Me traz de volta teu sorriso
Que com ele eu consigo
Vislumbrar o paraíso

28 de jun de 2008

Soneto de Amor Total

Nosso amor é o alimento da alma
E é ele a inspiração do poeta.
É com ele que meu peito se acalma,
É ele que minha vida completa.

É o teu amor que me traz alegria,
Só teus olhos iluminam meu mundo.
E pra ter teu amor eu morreria
Pois teu amor é um lago profundo

Onde quero o tempo todo nadar,
Mergulhar bem fundo e nele ficar,
Dele ser dono, ter sempre por perto

Já que só de uma coisa eu estou certo:
Não há vento forte ou onda no mar
Que faça com que eu pare de te amar.