25 de nov de 2009

O tempo II

Fitei teus olhos por um momento,
E de repente senti que eu flutuava...
Voando além das nuvens, pensando no tempo.
Contanto as horas, os minutos, os segundos...
Enfim, os momentos que vivo ao teu lado!

A cada dia penso mais em nós.
A cada novo amanhecer alimento mais o vício por teu corpo.
Em cada beijo alimento mais meu amor com teu mel...
Não restam dúvidas... é paixão. E das boas!

Encata-me saber que, por momentos, você possa sentir o mesmo.
E instiga minha mente desvendar teus mistérios.
Será que um dia entenderei todos?
Será que um dia você conseguirá o mesmo com os meus?
Por ora, deixemos alguns intocados...
Pois é o prazer da descoberta que mais e mais me liga a você!

Às vezes penso sobre o que o mundo acha disso tudo,
Mas logo desvio minha mente. Afinal, a eles nada interessa!
Só interessa nós dois, nosso pequeno mundinho de paz e amor.
Os outros? Que se danem! Eles não merecem saber muito.
Só o suficiente pra invejar um mundinho como o nosso.

Acho que te amo, não com aqueles amores imensuráveis,
Mas com um daqueles singelos, que se firmam nos pequenos detalhes
E aumenta a cada dia que passa.
Aqueles que aos poucos se tornam gigantes, e que quase nada atinge.

Um comentário:

Vivian Dias disse...

Se eu voltasse no tempo em que conversavamos sobre tantas coisas, e no passado me perguntassem, da possibilidade de viver esse momento com vc, provavelmente eu diria impossível...
Hoje, é impossivel negar, que vc me faz tao bem, que me pergunto o porque de não ter conhecido vc antes...As coisas seriam tão melhores....
Mas por outro lado, eu nao teria passado o que passei e nem vc...Talvez fossemos diferentes hoje...
Então prefiro pensar, que tudo ocorreu no tempo certo.
E que vc chegou no momento em que menos esperava...Porem naquele em que mais poderia me fazer bem...

:-)