18 de mar de 2008

Enfim, o primeiro passo... - Seguir em frente

Ah, se tivesse eu um botão
Que ao simples toque de um dedo
Desligasse meu pobre coração!

Esse pobre coração que treme
As esperanças que tinha já perdeu...
De tanto amar alguém na vida
Sozinho, quebrado, já quase morreu!

Me restam somente as palavras
Pra explicar aquilo que vejo
Já que não posso ter mais
Aquela que tanto desejo!

Ao menos errando aprendi
E assim devo seguir...
Se de amor tanto sofri
È por que não posso desistir!

---

Malditos dias de solidão
Que atormentam àqueles que na vida
Só queriam ser felizes,
E nas garras do mundo se machucaram.

-------------------------------------------

Bem vindos!

Este é o primeiro de muitos posts, na longa jornada deste jovem sonhador, que ao mundo veio para mostrar aos que aqui vivem que ainda há chances de uma vida melhor.
Sonhador sim, que de anseios vive, e de batalhas aprende. Que ainda acredita que as pessoas, lá no fundo, em algum lugar, têm um restinho daquele amor verdadeiro, que há algumas décadas se perdeu.
Ilusão sim, acreditar que o mundo pode ser melhor, mais aconchegante, mais belo de toda forma, mais limpo, saudável, inspirador... Mas uma ilusão que alimenta a alma e enche de esperanças o coração!

Não se enganem, senhores, não sou fraco! Sensível, talvez. Mas fraco não seria adequado. Apenas diria frágil. Contudo, a cada dia menos. Em cada amanhecer ganho mais força e mais resistência para continuar vivendo!
E essa força que me inspira e faz continuar... Aqui, quem sabe, deixarei um pouquinho da minha história, do que penso, sinto, vejo, percebo, vivo...

E então, até o próximo (post)!

Nenhum comentário: